quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

ASSEMBLEIA GERAL DA ANACÃ JOINVILLE

















Caros associados da ANACÃ Joinville – Associação de Grupos de Dança

Convido-os para participar da Assembléia Ordinária da ANACÃ Joinville, que será realizada nesta quarta-feira, dia 4 de dezembro, às 19h30, no Studio de Dança Dois Prá Lá, Dois Prá Cá, que fica na rua Chapecó, 101, Saguaçu, quando, entre outros assuntos, será debatida e realizada a eleição da nova diretoria. Por esse e por outros motivos é importantíssima a sua presença!

Neste ano, com o projeto aprovado pelo Simdec em 2012, a Anacã Joinville marcou presença no cenário joinvilense, colocando a dança permanentemente em destaque.

Não foram somente as quatro edições do Dança Joinville, que por si só já seriam um enorme acréscimo ao tema. O projeto teve, em cada edição, entre 13 a 18 grupos participantes, com média entre 20 a 25 coreografias apresentadas. Foram mais de 900 dançarinos e bailarinos em cena, para um total mais de 1.100 pessoas na platéia. Em cada edição, os grupos asociados foram devidamente remunerados, correta e seguramente, tanto pelas apresentações quanto pelas oficinas.

A Anacã Joinvlle também promoveu a descentralização da dança, com outra grande conquista: as oficinas porporcionadas pelos projetos Dança Joinville e Dança Invade, que levaram a arte da Dança para lugares onde nem sempre ela está disponível, com 40 oficinas, em diversos gêneros, despertandfo o interess da comunidade pela Dança e promovendo a formação de público.

Além disso, a Anacã Joinville se posicionou firmemente nas questões pertinentes à Dança, fortaleceu o movimento e apoiou a vinda do curso de graduação em Dança na cidade, na Udesc. Neste compasso, a Anacã particiou de foruns, encontros, pré-conferências e conferências de Cultura, em todos os âmbitos, participando e/ou promevendo a discussão dos assuntos relacionados à Dança em Joinville, no estado e no país, apoiando e assinando embaixo de importantes conquistas do setor.

Também ocupou os meios de comunicação, levando às pessoas, permentemente, informações sobre Dança, como Programa Dança Joinville, pela Radio Joinville Cultural, qe chega à sua 33ª edição neste fim de semana, e, com o seu presidente, Maycon Santos, com o programa Dance Mais, pela TV Babitonga. Isto sem contar o apoio recebido dos veiculos impressos às ações da Anacã Joinville, em 2013.

Com base nessas conquistas, caros associados, a Anacã Joinville - leia-se o presidente Maycon Santos e toda a diretoria -, se sente gratificada e feliz em encerrar um ano tão prolífero com uma ação muito importante: a eleição da nova diretoria.

Para 2014, estas ações preciam continuar e se fortalecer, pois novas conquistas ainda nos aguardam, como a real implantação do curso de Graduação em Dança na Udesc, e a conquista do nosso tão sonhado Galpão da Dança, entre outras.

Por isso, conforme definido na última reunião, ocorrida no dia 16 de outubro, na quarta-feira, dia 4 de dezembro, às 19h30, será realizada a Assembléia Ordinária da ANACÃ Joinville, no Studio de Dança Dois Prá Lá, Dois Prá Cá, que fica na rua Chapecó, 101, Saguaçu.

Na pauta desta assembléia estão:

1- Apresentação de:
ü . atividades desenvolvidas,
ü . resultados alcançados, e
ü . prestação de contas.
2- Eleição da nova diretoria:
ü . apresentação dos candidatos/chapas, e
ü . eleição.
3- Assuntos gerais.

Contamos com a presença de todos os associados.

Este será um importante momento para a ANACÃ Joinville!

Obrigado!

                                                                                          
                                                                                                  Maycon Santos
                                                                                                      Presidente        
                                                                          Anacã Joinville – Associação de Grupos de Dança

terça-feira, 19 de novembro de 2013

SÁBADO É DIA DE DANÇA JOINVILLE


Neste sábado, a partir das 19h30, Joinville vive mais uma festa da Dança, com a realização da quarta e última edição de 2013 do projeto Dança Joinville. No palco do Teatro Juarez Machado, 324 dançarinos mostrarão 25 coreografias, em cinco estilos: Jazz, Dança Contemporânea, Dança de Salão (Bolero, Rumba, Salsa, Samba, Tango, etc), Danças Urbanas (Hip-hop, etc), Folclore (Brasileiro, Flamenco, Germânico, Italiano, Ventre, etc).

Os números apontam para uma evolução e crescimento exponencial do projeto. Esse crescimento trouxe algumas demandas que foram avaliadas e novas deliberações foram adotadas para o sucesso do evento. Entre elas, a formação de equipe especializada em som e luz, distintamente, facilitando a apresentação dos grupos que estarão no palco do Teatro. Outra deliberação foi o aumento na equipe de produção, proporcional ao aumento no número de grupos e dançarinos participantes. Com isso, todo o trabalho extra-palco será melhor acompanhado e registrado.

Outra deliberação importante, para melhor atender às necessidades dos participantes, é a divisão do espetáculo em dois atos. No 1º ato, apresentam-se somente grupos de dança de escolas municipais e estaduais e grupos infantis. No 2º ato, o palco será dos grupos adultos, não-escolares, e dos grupos associados à ANACÃ Joinville, proporcionando uma apresentação melhor formatada, em razão da experiência e estruturação de bailarinos e grupos que se apresentam no segundo bloco.

NÚMEROS - O Projeto Dança Joinville definitivamente deixa a sua marca no cenário cultural da cidade. Aprovado no Simdec 2012, na categoria Mecenato, em 2013 o Dança Joinville superou todas as expectativas. Além de 20 oficinas ministradas em vários bairros da cidade, com 20 apresentações demonstrativas, a marca registrada do projeto - as apresentações no Teatro Juarez Machado , organizadas pela Anacã Joinville – Associação de Grupos de Dança -, mostraram números que confirmam a evolução e o crescimento do Dança Joinville.

Este ano, nos quatro espetáculos (computando os inscritos para a quarta edição), o projeto teve, em cada um, entre 13 a 18 grupos participantes, com média entre 20 a 25 coreografias apresentadas. No total, 922 dançarinos deixaram seus passos registrados no linóleo do Teatro Juarez Machado. 

No primeiro espetáculo, realizado em abril, em comemoração ao Dia Mundial da Dança, 144 dançarinos subiram ao palco, com 25 coreografias, em nove estilos. Na segunda edição, em junho, foram 185 dançantes, com 20 coreografias, em seis estilos. Na terceira edição, realizada em setembro, foram 269 dançarinos, com 23 coreografias, em cinco estilos. E nesta quarta edição, o Dança Joinville terá 324 dançarinos, com 25 coreografias, em seis estilos.
O público também acompanhou a evolução e o crescimento do Dança Joinville. Na primeira edição, 290 pessoas assistiram às apresentações. E no terceiro, foram 490 pessoas. Considerando que o Teatro tem cerca de 500 lugares, estava praticamente lotado. E no quarto, a expectativa é de novamente lotar o teatro.

SERVIÇO
O que: 4ª edição do Dança Joinville de 2013
Quando: Sábado, dia 23 de novembro, às 19h30
Onde: Teatro Juarez Machado - Avenida José Vieira (Beira-Rio), 315 - Centro
Quanto: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada). Os ingressos para assistir o 4º (e último) Dança Joinville de 2013 podem ser obtidos com os integrantes dos grupos participantes, no Studio de Dança Dois Pra Lá Dois Pra Cá (Rua Chapecó, 100 – Saguaçu), e na bilheteria do Teatro Juarez Machado, que abre às 18h30 do dia 23 de novembro.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

CONSELHOS ESTADUAIS DE CULTURA APROVAM UMA CARTA DE PRINCÍPIOS


A etapa nacional da 3ª Conferência Nacional de Cultura será realizada em Brasília, de 26 a 29 de novembro de 2013 e reunirá representantes da sociedade civil escolhidos nas conferências municipais e estaduais, além de membros do governo.
O tema escolhido para esta edição foi "Uma Política de Estado Para a Cultura: Desafios do Sistema Nacional de Cultura" que será desdobrado em debates sobre a implementação do Sistema Nacional de Cultura em todo o país, sobre a produção simbólica e diversidade cultural, sobre a cidadania e direitos culturais, e sobre Cultura e desenvolvimento econômico, dentre outros.
Para a 3ª CNC, em Brasília, no mês de novembro de 2013, está sendo esperada a participação de mais de 3 mil delegados de todo o país, entre representantes do Governo Federal, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. Além desses poderão participar convidados com direito a voz e a voto e observadores apenas.
Em preparação para a 3ª Conferência Nacional de Cultura, os presidentes, vice-presidentes e representantes dos Conselhos Estaduais de Cultura do Brasil, reunidos em Canela, Rio Grande do Sul, em Assembléia Ordinária do Fórum Nacional dos Conselhos Estaduais de Cultura - Conecta, nos dia 21, 22 e 23 de outubro, aprovam uma Carta de Princípios dos Conselhos Estaduais de Cultura, resultante de debates realizados em quatro encontros regionais do Fórum e um encontro nacional, envolvendo 18 Conselhos Estaduais de Cultura do Brasil, em encontros abertos, com a participação de representantes da comunidade cultural:
Encontro da Regional Sul – Porto Alegre (07 de junho de 2013)
Encontro da Regional Norte – Macapá (14 e 15 de junho de 2013)
Encontro da Regional Nordeste – Natal (02 e 03 de agosto de 2013)
Encontro das Regionais Centro Oeste e Sudeste – Cuiabá (19, 20 e 21 de setembro)
Encontro Nacional – Canela (21, 22 e 23 de outubro de 2013).
Com base nesta deliberação, o Fórum Nacional recomenda aos Conselhos Estaduais de Cultura do Brasil que tenham como base para a sua atuação os seguintes princípios:
1) espaço efetivo de mediação para o diálogo entre a sociedade civil e o poder público;
2) apartidarismo nas decisões e encaminhamentos do conselho;
3) autonomia política, orçamentária e de gestão do conselho estadual em relação ao órgão gestor de cultura do estado;
4) caráter consultivo, deliberativo e normativo dos conselhos de cultura;
5) transparência das atividades do conselho com ampla divulgação pública;
6) espaço de efetiva participação, no mínimo paritária, da sociedade civil, resultante de um amplo processo de mobilização social, considerando também critérios de representação regional do estado na composição do conselho;
7) eleição de forma direta para os presidentes dos conselhos de cultura e os representantes da sociedade civil;
8) valorização e fortalecimento dos fóruns estaduais de conselhos municipais de cultura, constituindo mecanismos pra inserir a representação destes fóruns na própria composição dos conselhos estaduais;
9) representação dos povos e comunidades tradicionais na composição dos conselhos estaduais, com representação dos povos indígenas e uma representação dos povos de matrizes africanas, estimulando a mesma prática para os conselhos municipais;
10) diversidade étnica e racial na composição dos conselhos estaduais, respeitando as especificidades de cada estado;
11) integração dos Conselhos Estaduais de Cultura com os Conselhos Estaduais de Educação e com os Conselhos Estaduais de Comunicação, apoiando a criação destes nos estados em que ainda não tenham sido criados;
12) qualificação de conselheiros de cultura, conforme estabelece a meta 36 do PNC.
13) atuação em rede dos Conselhos Estaduais de Cultura com os Conselhos Municipais de Cultura, Fóruns de Culturas, colegiados e câmaras setoriais.

Assinam a carta, além do presidente do Fórum – Conecta, Márcio Caires, que também é o presidente do Conselho Estadual de Cultua da Bahia, diversos dirigentes e coordenadores de cultura de todas as regiões do país.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

3º DANÇA JOINVILLE DE 2013


O Dança Joinville, na sua terceira edição de 2013, atingiu um patamar nunca antes imaginado. Tivemos mais de 450 pessoas no Teatro Juarez Machado, no dia 28 de setembro. Vimos a integração dos grupos de dança estabelecidos na cidade, com os importantes trabalhos realizados nas escolas; vimos variados estágios de aprendizado; vimos alegria, amor, paixão, superação e, sobretudo, Dança! Assim, na sua forma pura, dos pequeninos aos veteranos, dos novatos aos experientes, dos que estão em um nivel de profissionalização com os que pisam nos primeiros degraus da escalada de aprendizado permanente. O Dança Joinville é isso! É mistura, é entrosamento, é troca, é vontade, é frio na barriga antes de entrar no palco, é encarar a plateia, é luz, é som, movimento e aprendizado.
E para chegar a esse momento, tão importante, de consolidação, foi uma longa jornada, desde as primeiras apresentações, na sala Agripina Vaganova. Ao longo desses cinco anos, o projeto que começou tímido alcançou um patamar de espetáculo. Sim, com todas as responsabilidades que são inerentes. Tivemos na última edição do Dança Joinville uma noite complicada em alguns sentidos, mas ao mesmo tempo de realização através da colaboração e união. Porque o Dança Joinville foi feito para isso, para unir os grupos da cidade e colocar a plateia em contato com a Dança feita em Joinville, o ano inteiro. São bailarinos e dançarinos de Joinville dançando para Joinville. E esse objetivo foi plenamente alcançado no dia 28 de setembro.
Antevendo mais uma edição do Dança Joinville de grande movimentação, e com o acúmulo da experiência passada, os organizadores aperfeiçoaram vários processos para garantir uma produção com a excelência que todos merecem.
A Anacã Joinville é grata a todos que participaram de todas as edições, desde a primeira, em 2009. Afinal, foram os passos de cada um que levaram este projeto a atingir, em 2013, a marca de 269 dançarinos no palco, distribuídos entre grupos associados e convidados, com 2 horas e meia de apresentações, com variações entre 20 e 28 grupos participantes. A ANACÃ Joinville, que hoje conta com 15 associados, agradece a todos os dançarinos de Joinville que generosamente colaboraram e continuam a colaborar para desenvolver a cultura da dança dando assim sustentação ao título de Joinville “Cidade da Dança” o ano inteiro.
E lembramos a todos que estão abertas as inscrições para a quarta e última edição do projeto Dança Joinville 2013, que será realizada no dia 23 de novembro às 19h30min no Teatro Juarez Machado. As inscrições podem ser feitas on line, no próprio site da Anacã Joinville, em formulário específico. Gostaríamos de mais uma vez contar com a presença de todos os que já abrilhataram com seu talento, em cada edição realizada este ano.
E abaixo, um pouquinho do que foi a 3ª edição do Dança Joinville 2013, nas imagens que ficarão eternizadas não só na tecnologia digital, mas na sempre insubstituível memória daqueles que as presenciaram.
Com gratidão,
Maycon Santos
Presidente da Anacã Joinville – Associação de Grupos de Dança

Fotos: Proscila Buch










































terça-feira, 8 de outubro de 2013

REUNIÃO DA ANACÃ JOINVILLE - QUARTA - 16/10 - 19H30 - 2 PRA LÁ, 2 PRA CÁ


O presidente da Anacã Joinville, - Associação de Grupos de Dança, Maycon Santos, convida a todos para participar de reunião da classe, marcada para a próxima quarta-feira (16/10) às 19h30, no Studio de Danças Dois Prá Lá Dois Prá Cá, que fica na rua Chapecó 101 – Saguaçu, fone 3025-7096.

A pauta a ser discutida é composta por três itens, a saber:1.       APRESENTAÇÕES / CACHÊS NA FESTA DAS FLORES;

2.       PRÓXIMAS AÇÕES DA ASSOCIAÇÃO EM PROL DA CONQUISTA DO GALPÃO DA DANÇA;

3.       ASSEMBLÉIA GERAL.


Contamos com a presença de todos!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

3º DANÇA JOINVILLE DE 2013


Neste sábado, dia 28 de setembro, às 19h30, no Teatro Juarez Machado, será realizado o 3º Dança Joinville de 2013. No palco, nesta edição, 273 bailarinos, com 25 coreografias de 15 grupos da cidade mostrarão que Joinville dança o ano inteiro. Dança Contemporânea, Ballet Clássico, Jazz, Danças Folclóricas, Dança do Ventre, Dança de Salão e Danças Urbanas são algumas das modalidades que serão apresentadas.
Nesta terceira edição, o Dança Joinville integra a programação da Maratona de Dança de Joinville, promovida pela Anacã Joinville e parceiros, como o IMPAR – Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento,  entre outros. A Maratona promoverá diversas ações em Dança, em várias partes da cidade, começando pelo Ato Público em apoio à instalação do Curso de Licenciatura em Dança, pela Udesc, em Joinville, e reivindicação do prédio da antiga Prefeitura para fins culturais, como está na Lei Municipal de Cultura e no Plano de Metas da cidade, e encerra com a apresentação do Videodança “Amarras”, da AMA Cia de Dança, logo após o encerramento do Dança Joinville (Confira a programação da Maratona: https://www.facebook.com/events/1384504425116981/?ref_dashboard_filter=upcoming).
Os ingressos para o 3º Dança Joinville de 2013 pode ser encontrados com os integrantes dos grupos ou no Studio Dois pra lá, dois pra cá, na Rua Chapecó 101 – Saguaçu, fone (47) 3025-7096!


Confira o programa!!!!



quarta-feira, 18 de setembro de 2013

JOINVILLE TERÁ MARATONA DE DANÇA

Joinville terá, no dia 28 de setembro, durante todo o dia (confira a programação), uma Maratona de Dança, que envolverá a Anacã Joinville – Associação de Grupos de Dança, seus associados e demais grupos e profissionais da área. A Maratona inicia às 10 horas, com oficinas de Dança do projeto Dança Invade, no bairro Ulysses Guimarães, e encerra com o 3º Dança Joinville de 2013, às 19h30, no Teatro Juarez Machado, que tem como atração especial, às 21h30, a apresentação do videodança “Amarras”.
Um dos pontos altos é o Ato Público de apoio à UDESC para a implantação do Curso Superior de Licenciatura em Dança em Joinville, e reivindicação do prédio da antiga Prefeitura como um espaço cultural, conforme consta na Lei Municipal de Cultura e no Plano de Metas do município. O Ato Público está marcado para às 11h30, será na frente do antigo prédio da Prefeitura, com apresentações de dança e de outras atividades artísticas.
Durante o dia, oficinas e apresentações de dança serão desenvolvidas na Escola Municipal Amador Aguiar, no bairro Ulysses Guimarães, dentro do projeto Dança Invade. Dança Flamenca, Danças Urbanas, Dança de Salão e Dança Folclórica Germânica estarão à disposição da comunidade, para apreciar e aprender um pouquinho de cada.
Na parte da tarde, um bate-papo sobre a implantação do curso superior em Dança, da Udesc, com representantes da instituição e autoridades. Neste bate-papo, serão respondidas todas as questões que ainda causam dúvidas no público interessado em Dança na cidade. Depois de um Coffee break, a Associação Joinvilense de Dança de Salão realiza um baile no foyer do Teatro Juarez Machado.
E às 19h30 , começa o 3º Dança Joinville de 2013. No total, serão 25 trabalhos apresentados por 15 grupos, em diversos gêneros de dança. Encerrando a programação, às 21h30, em sessão especial, acontece a apresentação do videodança “Amarras”, produzido pelo Instituto Impar, com a AMA Cia de Dança.
A Maratona de Dança, com vasta programação, não é um ato isolado.  Ela surge num contexto onde a efervescência dos acontecimentos proporciona um ambiente propicio para a exposição da arte da Dança de forma sólida e abrangente. A conjunção de várias iniciativas num mesmo dia fará com que a Dança esteja em evidência, dando continuidade ao trabalho de conscientização da população de que Joinville possui dança o ano inteiro. O objetivo da Maratona de Dança de Joinville é realizar várias ações de dança num mesmo dia. Esta exposição é importante para a consolidação da Dança como arte permanente em Joinville.

Programação:

Ø 11h30 – Ato Público de apoio à UDESC para a implantação do Curso Superior de Licenciatura em Dança em Joinville, e reivindicação do prédio da antiga Prefeitura como um espaço cultural, conforme consta na Lei Municipal de Cultura e no Plano de Metas do município. O Ato Público será na frente do antigo prédio da Prefeitura, com apresentações de dança e de outras atividades artísticas.

Ø 10h – Durante o ato público, será feita a coleta de assinaturas de pessoas que apoiam a transformação da antiga Prefeitura em espaço cultural, complementando o abaixo-assinado que circula pela rede.

Ø 10h – Oficina de Dança de Salão, com o Studio Dois pra lá, dois pra cá, dentro do projeto Dança Invade, no Giro Cultural da Fundação Cultural de Joinville, na Escola Municipal Amador Aguiar, no bairro Ulysses Guimarães.

Ø 13h30 - Oficina de Danças Folclóricas Germânicas, com o Grupo Oldenburg, dentro do projeto Dança Invade, no Giro Cultural da Fundação Cultural de Joinville, na Escola Municipal Amador Aguiar, no bairro Ulysses Guimarães.

Ø 13h50 – Apresentação de Dança Flamenca com o Grupo de Dança Compas y Arte, dentro do projeto Dança Invade, no Giro Cultural da Fundação Cultural de Joinville, na Escola Municipal Amador Aguiar, no bairro Ulysses Guimarães.

Ø 14h05 - Apresentação de Danças Urbanas com o Grupo de Dança Cultura Urbana, dentro projeto Dança Invade,  do Giro Cultural, da Fundação Cultural de Joinville, na Escola Municipal Amador Aguiar, no bairro Ulysses Guimarães.

Ø 16h25 - Apresentação de Dança de Salão, com o Studio de Dança Dois Pra Lá Dois Pra Cá, dentro do projeto Dança Invade, no Giro Cultural da Fundação Cultural de Joinville na Escola Municipal Amador Aguiar, no bairro Ulysses Guimarães.

Ø 16h40 - Apresentação de Danças Folclóricas Germânicas, com o Grupo Folclórico Germânico Oldenburg, dentro do projeto Dança Invade, no Giro Cultural da Fundação Cultural de Joinville, na Escola Municipal Amador Aguiar, no bairro Ulysses Guimarães.

Ø 17h às 18h – Bate-papo sobre o Curso de Licenciatura em Dança da UDESC, no foyer do Teatro Juarez Machado, com a presença de representante da UDESC, entre outras personalidades de expressão ligadas à área da Dança.

Ø 18h às 18h15 – Coffee break

Ø 18h15 às 19h15 – Baile da AJODS - Associação Joinvilense de Dança de Salão, no foyer do Teatro.

Ø 19h30 – Apresentação das coreografias do 3º Dança Joinville de 2013. No total, serão 25 trabalhos apresentados por 15 grupos, em diversos gêneros de dança.

Ø  21h30 às 22h – Apresentação do videodança “Amarras”, em sessão especial, logo após o encerramento do 3º Dança Joinville.

ATO PÚBLICO REUNIU A DANÇA EM AGRADECIMENTO E REIVINDICAÇÃO

O Ato Público do agradecimento pela implantação do Curso de Licenciatura em Dança pela UDESC e em reivindicação pela antiga Prefeitura como espaço cultural, realizado na quinta-feira, dia 12 de setembro, reuniu cerca de 30 integrantes de diversos grupso de dança da cidade, além de profissionais que atuam na área, em frente ao Colégio Germano Tmm. Depois, portando faixas e cartazes, o grupo caminhou até a antiga Prefeitura, para marcar uma posição bem definida: “A DANÇA ESTÁ AQUI!”.

 A área da Dança de Joinville mostrou que está sendo revertido um posicionamento histórico de individualismo, e começa a entender que a associação é o melhor caminho para conquistas coletivas, para o beneficio de todos.... Este momento é histórico por duas razões: primeiro, porque coloca lado a lado formas de expressão em dança que tradicionalmente não se misturam; e segundo, porque a razão desta reunião é de cunho politico (e entenda esse "politico" como necessidade de posicionamento diante de uma realidade) e que visa o bem coletivo. A Dança de Joinville começa a fazer história não só pelo Festival que a cidade sedia, mas pelo grito de bailarinos, dançarinos e amantes da Dança da cidade, que bradam um grito preso na garganta há décadas: "Sim, nós estamos aqui!"!!!